SERP: O que é?

A SERP é uma sigla para Search Engine Results Page, ou seja, a página com os resultados da busca que você faz na internet. Quando utilizamos mecanismos de pesquisa, como o Google, Yahoo! ou Bing, esses serviços colocam seus robôs em ação para nos direcionar ao que foi buscado. 

O objetivo da SERP é entregar os melhores resultados aos usuários, de acordo com os termos inseridos na caixa de pesquisa dos motores de busca. As informações oferecidas pela inteligência artificial estão organizadas de acordo com a relevância sobre o tema. 

Geralmente, a maioria das SERPS são compostas por título, link e uma breve descrição da página antes do acesso, que podem ser chamadas de snippets. 

E por falar nisso, quanto mais preparado o seu conteúdo estiver, maior a chance dele ser colocado no topo das pesquisas. Isso porque os robôs dos motores de busca entenderão que suas informações possuem grande relevância e vão mostrá-las nas SERPs. E, consequentemente, você terá mais cliques em sua página. 

Agora que você já sabe, de forma resumida, o que são as SERPs, vamos falar sobre: 

  1. Importância da SERP;
  2. Elementos fundamentais para a estrutura das SERPs;
  3. Principais features das SERPs no Google;
  4. Por que o SEO é importante para as SERPs?
  5. Como chegar ao topo de uma SERP nos mecanismos de pesquisa?

Qual a importância da SERP

Como falamos anteriormente, os resultados que estão no topo das SERPs, naturalmente, receberão mais acessos. Portanto, para obter bons rendimentos, é importante se colocar nas primeiras posições dos motores de busca.

O principal ponto a se considerar, é a experiência do usuário. De acordo com os resultados, os internautas poderão suprir suas necessidades com a entrega dos mecanismos de pesquisa. Ao proporcionar o acesso a informações de qualidade e organizadas, as pessoas tendem a retornar às páginas que resolveram suas necessidades mais facilmente. 

Uma boa classificação nas SERPs está entre as principais estratégias do marketing digital. Diversas empresas investem nessa ferramenta, em conjunto com o Search Engine Optimization (SEO), para se destacarem. Vamos falar sobre a importância desse último recurso para a SERP mais à frente, ok?

A dica mais valiosa para atrair seu público alvo é realizar buscas na internet sobre a concorrência. Pesquise nos motores como estão as SERPs para saber o que você pode produzir de conteúdo novo e atrativo para os usuários. Também falaremos sobre isso daqui a pouco. 

Elementos fundamentais para a estrutura das SERPs

ilustração com diversos elementos ligados as páginas de resultados de busca do google

Na maioria das pesquisas, as SERPs são estruturadas por anúncios no topo da página, seguidos pelos 10 principais links de resultados do tráfego orgânico na web. Conforme a análise dos dados buscados pelo usuário, os robôs fazem diversas personalizações no layout da página de resultado, como a utilização de featured snippets, que detalharemos daqui a pouco. 

Uma das ferramentas usadas pelo Google para otimizar as buscas e oferecer a melhor experiência possível aos usuários, baseia-se no Zero Moment of Truth (ZMOT). Esse recurso consiste em demonstrar os micro-momentos de cada pesquisa. Os ZMOTs aparecem com frequência quando as pessoas inserem nas caixas de busca os termos: 

  • eu quero saber;
  • eu quero ir;
  • eu quero comprar;
  • eu quero fazer.

Portanto, para que seu conteúdo atraia cada vez mais acessos, lembre-se de produzi-lo usando os conceitos de momentos-chave para alcançar os ZMOTs. 

Principais features das SERPs no Google

Já sabemos que os algoritmos do Google atuam na personalização das SERPs de acordo com cada pesquisa. E também, que existem as features, ou seja, as principais características de uma página de resultados. 

Considerando os momentos-chave de pesquisas na internet, conheça as principais features das SERPs:

Respostas rápidas

São as caixas de respostas que aparecem no topo de uma SERP, com um resumo direto das informações da pesquisa feita pelo usuário, utilizando palavras-chave. Esses recursos possuem o objetivo de facilitar a experiência dos internautas, uma vez que não é necessário acessar o link da página de resposta e, consequentemente, economiza-se tempo. 

Quando aparecem nas SERPs, os featured snippets possuem a posição “zero” do Google, ou seja, se posicionam no topo da página. E é justamente por esse motivo que esses recursos são tão importantes, porque como estão classificados antes de quaisquer outras informações, tornam-se vantajosos em relação às demais ferramentas. 

Confira as diferentes formas de featured snippets: 

Parágrafo

Essa feature apresenta ao usuário um bloco textual composto por resumos de explicações, significados, dúvidas.

Um print de uma página de resultado de busca do tipo parágrafo

Lista

É aqui que aparecem listados os resultados mais relevantes de uma pesquisa, como ranking, passo a passo de receitas, entre outros.

print de uma página de resultado de busca do tipo lista

Tabela

Caso você queira comparar algo como preços de produtos, programação de eventos, horários de vôo, basta fazer uma busca como essa:

Print de uma página de resultado de busca do tipo Tabela

Anúncios do Google Adwords

O Google ADS, que consiste na publicidade paga do mecanismo de busca, é uma das features com mais destaque em uma SERP. É possível determinar uma palavra-chave para o que você quer anunciar no buscador, e então, seu produto é exibido nos destaques da página. 

No entanto, os usuários são sinalizados de que trata-se de um anúncio pago. Isso porque o Google busca garantir que haja transparência a respeito do que é busca orgânica ou não. 

um print de uma página de resultado de busca exibição de anúncio

Google Imagens 

Essa feature é um recurso orgânico de rankeamento das imagens referentes ao termo inserido na caixa de pesquisa do mecanismo de busca. As figuras que aparecem em destaque podem ser procuradas também por meio de filtros como cor, tamanho de imagem, entre outros. 

Um print de uma página de resultado de busca de imagens

Vídeos

Os vídeos de uma SERP estão relacionados com os termos pesquisados pelo usuário. Eles possuem formato de thumbnail e vêm acompanhados de hiperlink, nome do canal e data de publicação do resultado. 

Um print de uma página de resultado de busca de videos

Google Shopping

Assim como no Google Ads, os resultados do feature shopping neste motor de busca consiste em publicidade paga. Na maioria dos casos, as empresas apresentam seus produtos com título, imagem, valor e o nome da loja que anunciante. 

Os resultados do Google Shopping ficam um ao lado do outro, de forma que os usuários possam comparar todas as opções. Além disso, são uma boa maneira para anunciar produtos que são visualmente chamativos

Um print da página de resultado de busca de compras

Perguntas frequentes

As perguntas mais frequentes sobre um termo inserido na caixa de busca do Google são o feature de pesquisas relacionadas em uma SERP. Elas são sugeridas pelos algoritmos do mecanismo para auxiliar os usuários a solucionarem suas demandas, conforme palavras-chave buscadas por outras pessoas que passaram pelo mesmo processo. 

Na maioria das vezes, o usuário não sabe a pergunta ou o termo correto para achar a solução de sua dúvida. Esse snippet é fundamental tanto por sua característica resolutiva, quanto pela facilidade de uso, porque ao clicar nas setas, o box se expande em um parágrafo. Desta forma, o internauta nem precisa sair da SERP para obter informações.

Google News

Os boxes de notícias contêm imagens em destaque para as últimas atualizações sobre um determinado tema. Os resultados são apresentados em formatos de caixas com as notícias do assunto feitas pelos principais veículos de mídia, blogs, etc. 

Cards e painéis de conhecimento

Os cards e painéis de conhecimento são features com conteúdos resumidos para uma palavra-chave, muitas vezes feitos em colaboração, como no Wikipedia. Podem ser informações utilizadas em conjunto com imagens, gráficos, conversores, etc. 

Na maioria dos casos, são dados de páginas oficiais de governos ou quaisquer fontes verificadas. Entretanto, nem sempre o Google disponibiliza ao usuário o link de acesso para o site da fonte da informação.

Dicionário

Assim como o físico, o dicionário virtual em uma SERP apresenta a definição e fonética do termo pesquisado. Em alguns casos, também traduz a palavra.

Sitelinks

Os sitelinks são as extensões dos resultados de pesquisa. Eles têm o objetivo de direcionar os usuários a páginas específicas de um endereço eletrônico. 

O formato do sitelink consiste em duas colunas com, no máximo, 5 links. Quando encontramos esse feature nas SERPs, podemos observar que eles também possuem uma descrição da página referente.

Local Teaser Pack

Quando um internauta faz uma pesquisa local, ou seja, busca um destino nas proximidades, os algoritmos do Google entregam diversas informações como dicas, preços, horários de funcionamento, avaliações, entre outros. 

Os detalhes são oferecidos por meio dos dados disponibilizados pelas empresas no “Meu Negócio”, outra feature do buscador. Também é possível que o próprio usuário utilize filtros disponibilizados pelo Google para otimizar e personalizar a busca. 

Google Meu Negócio

Esse feature exibe os resultados da busca por empresas no Google. O usuário recebe informações sobre horários de funcionamento, localização, contatos, avaliações de pessoas que utilizaram o serviço, etc. 

Pesquisas relacionadas

Diferentemente das featured snippets, as pesquisas relacionadas são os recursos que estão posicionados abaixo de todos os resultados de uma Search Engine Results Page. Apesar de parecerem não possuir tanta relevância, sua função se assemelha à das perguntas frequentes, e até mesmo dos sitelinks. 

Após explorar todos os recursos disponíveis em uma SERP, os algoritmos do Google te direcionam a termos relacionados à sua busca, no final da página. A estrutura desse feature possui palavras-chave secundárias e, conforme pesquisas feitas por outros usuários que também interessam pelo assunto, você pode explorar ainda mais o tema.

Veja as pesquisas relacionadas à saúde na infância:

Por que o SEO é importante para as SERPs?

Foto: Unsplash

Bom, agora que você sabe a importância de estar bem classificado em uma SERP, os elementos fundamentais para produzir conteúdos e os principais features do Google, é hora de falarmos sobre como o SEO é necessário para chegar ao topo dos resultados. Para aparecerem nas Search Engine Results Pages, os sites devem ser rastreados e indexados. E isso é feito a partir da otimização das páginas, ou seja, utilizando os recursos de Search Engine Optimization. 

Os primeiros resultados de uma SERP são os que recebem mais acessos dos usuários. Quando um site conquista a posição zero do Google, naturalmente aumenta seu tráfego orgânico e conquista a brand awareness

A estratégia de conteúdo está condicionada ao uso correto do SEO, pois ele afeta a classificação e rankeamento de um site nos motores de busca. E após conquistar uma posição na primeira página, é muito difícil sair dali. 

Como falamos anteriormente, avaliar a concorrência é uma ótima maneira de saber o que oferecer de conteúdo para o público. Caso a empresa do seu segmento possua uma featured na SERP correspondente, por que não observar a estratégia utilizada por ela para se inspirar e atrair mais usuários? Mas lembre-se que isso não quer dizer que você pode copiar suas informações.

Observe o que seus correntes trazem de inovação nos conteúdos e formatos para melhorar sua estratégia. Compare os títulos e subtítulos, palavras-chave, a construção dos temas e os demais elementos do marketing utilizados. Isso com certeza trará um crescimento exponencial para o seu trabalho!

Como chegar ao topo de uma SERP nos mecanismos de pesquisa?

Essa é a questão que todos querem saber. De uma maneira geral, as chances de alcançar o topo da SERP de uma palavra-chave é bem maior para aqueles que aplicam técnicas de SEO. Para chegar nos primeiros resultados da busca e conquistar as features do Google, separamos as principais ferramentas que devem estar presentes no seu conteúdo. Veja a seguir: 

Otimização do conteúdo

Construa o conteúdo do site pensando, primeiramente, nos termos que estão rankeadas em snippets. Depois, crie títulos e subtítulos com palavras-chave long tail. Eles fazem toda a diferença para os usuários. 

Para a hierarquia das páginas, utilize as heading tags (h1, h2, h3…), mantenha os parágrafos do texto com uma média de 40 a 50 palavras e insira termos de transição. Responda as perguntas relacionadas da SERP com “quem”, “onde”, “quando” e “por que”. 

Além disso, não se esqueça de inserir na sua página conteúdos midiáticos, como imagens, vídeos e podcasts. Busque usar recursos de alta qualidade para facilitar a leitura dos internautas.

Navegabilidade

Para oferecer uma boa experiência aos usuários que acessam o seu site, tenha em mente que é necessário ter uma página que possua fácil acesso de navegação e bons conteúdos. É importante lembrar também que aqueles que têm formato para o uso mobile, ganham ainda mais cliques.

Não se esqueça da velocidade de carregamento, que consiste em programar o seu site para que seja ágil e os usuários não saiam dele antes de conseguirem esclarecer suas dúvidas. 

Link Building

Os algoritmos dos mecanismos de busca entendem que quanto mais links de direcionamento para seu site, melhor será para os usuários. Portanto, divulgue a página em diversos canais para aumentar o seu link building e conquistar mais atenção do público alvo.

Meta description

Essa ferramenta consiste na descrição dos resultados de busca no Google. São aqueles pequenos resumos que ficam embaixo do link de acesso do seu site. Construa ela de forma que atraia os usuários à página.

URL otimizada

Esse é um dos pontos-chave para conseguir destaque nas SERPs. Faça com que a URL do seu site seja objetiva e que contenha a palavra-chave do texto. Nada muito longo, ok?

Cada usuário possui preferências da forma de consumir conteúdo. Desta forma, é importante utilizar diferentes formatos de apresentação para alcançar os mais diversos públicos. Isso pode ser feito por meio de blogs, loja virtual, redes sociais, entre outros. 

O principal ponto é analisar as SERPs de cada palavra-chave, assim como suas pesquisas relacionadas, para compreender o que é relevante do ponto de vista do Google, e oferecer aos internautas um bom conteúdo. As Search Engine Results Pages são construídas justamente para otimizar as pesquisas, e caso o seu site não proporcione uma boa experiência, não estará na posição zero de uma SERP.

Se quiser saber mais sobre o assunto, continue acompanhando nosso blog. E aí, o que você achou deste conteúdo? Conta pra gente aqui nos comentários! 

SERP: O que é?
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

🚀 Criamos seu site em 5 dias já otimizado para o 1º lugar do Google 🚀