5 plugins alternativos ao Yoast

Um dos plugins mais utilizados para praticar a Search Engine Optimization de um site criado no WordPress é o Yoast SEO. Esse plugin possui a função de otimizar conteúdos na internet e, consequentemente, promover o melhor ranqueamento de páginas no Google. 

Imagine que para rankear um site na SERP do Google é preciso criar um conteúdo de alta qualidade, mas não só isso, o uso de técnicas de SEO são imprescindíveis. E pensando em auxiliar os usuários que ferramentas como o Yoast foram criadas. 

Os plugins de SEO permitem uma melhora na leiturabilidade dos textos no mecanismo de pesquisa. Desta forma, os algoritmos do Google conseguem encontrar todas as informações necessárias, rankear e entregar os melhores conteúdos aos internautas.

Apesar de o Yoast ser o plugin de SEO mais famoso, pode ser que não seja a melhor opção para você. Isso porque cada site possui uma função e particularidades, portanto, generalizar o uso de uma ferramenta como essa talvez tenha um efeito contrário do esperado. 

Antes de falarmos mais sobre o Yoast SEO e os plugins alternativos ao mesmo, precisamos esclarecer alguns conceitos. Quando pensamos em softwares complexos e compostos de diversos recursos, imagine como seria se tivéssemos que recorrer a outros completamente novos caso não conseguíssemos sanar nossas necessidades? 

Pensando nisso, criamos este artigo para explicar sobre o que são plugins, por que utilizá-los, como funciona o Yoast e cinco alternativas a ele. Vamos prosseguir? 

O que são plugins?

Imagem de uma extensão branca em uma superfície da mesma cor.
Foto: Unsplash

Os plugins são utilizados pela maioria esmagadora dos usuários da internet, mesmo que eles não saibam disso. A função de um plugin é servir como extensão ou ferramenta de um programa principal, para permitir a expansão de recursos do mesmo. 

A maioria dos plugins são leves, de fácil instalação e não prejudicam o desempenho do software dos computadores. Essas ferramentas atribuem funções aos sites e podem servir para que o usuário tenha, por exemplo, uma navegação mais segura na web, grave suas conversas e muito mais.

Todo site ou blog publicado no WordPress possui plugins instalados. Como cada um possui finalidades e características diferentes, existem extensões feitas, especificamente, para atender às necessidades das páginas na web. 

Por qual motivo um site ou blog está no ar? Se não é para informar os leitores, provavelmente o intuito é de oferecer serviços. E, para isso, sabemos que é necessário aplicar técnicas do marketing digital a fim de otimizar os aspectos das páginas e atrair cada vez mais usuários. 

Existem diversos plugins desenvolvidos para o SEO ou que promovem benefícios diretos à otimização de páginas. Desta forma, vamos explicar no próximo tópico por quais motivos um plugin de Search Engine Optimization é indispensável para as estratégias digitais de websites. Vem com a gente! 

Por que utilizar plugins de SEO?

Imagem preta e branca de quadrados de letras que formam a palavra "SEO" várias vezes em uma superfície.
Foto: Pexels

Potencializar o Search Engine Optimization de um site não é uma tarefa fácil. Além de palavras-chave, artigos em blogs e legibilidade de conteúdos, por exemplo, o uso de plugins SEO no WordPress fazem a diferença. 

O rankeamento de páginas no Google pode ser feito por conta própria. No entanto, os plugins de SEO são essenciais para complementar as funcionalidades de sites na web. Essas ferramentas podem até mesmo criar sitemaps para que o mecanismo de pesquisa realize a indexação dos conteúdos.

Um exemplo da importância do uso de plugins de SEO é a velocidade dos sites. Esse fator está entre os mais relevantes para obter boas classificações nos motores de busca, porque websites com baixo carregamento não são rankeados nas páginas principais.

A linguagem do WordPress é composta pelo código PHP, o qual é executado por meio de um Content Management System (CMS). Esse sistema possui a função de criar, gerenciar e publicar conteúdos em plataformas digitais, além de possibilitar a modificação ou remoção dos mesmos independentemente do conhecimento em HTML

Para exibir as informações de uma página da web, os comandos são ativados pelo CMS e os scripts do PHP enviados ao servidor. Após executar o código, o sistema executa a exibição de todos os elementos do site. 

Sim, todo o processo é um pouco complexo, mas o ponto que queremos chegar aqui é o seguinte: você percebe a intensidade e quantidade de recursos utilizados pelo CMS para entregar uma página ao usuário? Agora imagine a velocidade com que tudo isso é feito… 

O carregamento de um site está condicionado ao tempo de execução dos scripts. Uma página que possui muitos elementos terá uma velocidade menor de processamento, já aquela com poucos, obviamente, menor.

Além de garantir a velocidade de carregamento dos sites, os plugins de SEO no WordPress armazenam as versões de acesso anteriores das páginas. Isso permite que o usuário visualize a página antes mesmo da resposta atual do servidor

Como assim? Bom, imagine que você esteja acessando um site pela segunda vez. A versão recebida é a que está em cache, o que facilita a execução de scripts pelo WordPress e permite maior velocidade da página. Incrível, né?

As ferramentas presentes nos plugins de SEO podem também identificar páginas de sites que tenham grande potencial para exploração, apontar a localização do site nos motores de busca,  reparar links quebrados, gerar descrições automáticas e muito mais. Apesar de tantas funcionalidades, um plugin não funciona sem uma boa gestão

Os proprietários de websites devem estar cientes que dispor de plugins não é tudo, pois o mesmos estão em constante atualização e é preciso estar atento às evoluções dos algoritmos para que haja um bom fluxo de desempenho. Pensando na gestão correta de conteúdos no WordPress, no próximo tópico vamos falar sobre como funciona o Yoast, o plugin de SEO mais utilizado na web.

Como funciona o Yoast?

Print da "home", ou seja, página principal do plugin Yoast. A mesma é composta por diversas opções de recursos e a imagem principal é de um maratonista alcançando a linha de chegada.

Experimente fazer uma pesquisa no Google com os termos “plugin” e “SEO”. Se você entrar nos sites que estão na primeira página de resultados, com certeza vai ver que entre os plugins de Search Engine Optimization, o Yoast está classificado em primeiro lugar

O Yoast analisa os textos do site e aponta as informações que podem ser positivas ou não para os resultados dos motores de busca. Essa análise é exibida por meio de pontos de sinalização, como um semáforo mesmo. A qualidade do conteúdo é avaliada em três cores: vermelho (pare!), amarelo (atenção) e verde (siga em frente). 

Após a análise do Yoast, caso o texto possua muitos pontos amarelos ou vermelhos, que dizer que o conteúdo deve ser revisto, pois não está em conformidade com o desempenho dos mecanismos de pesquisa. Já nas sinalizações em verde, não há motivo para se preocupar, pois quer dizer que tudo está de acordo com as técnicas de SEO do Google. 

Uma das avaliações feitas pelo Yoast é o “Readability”. Essa funcionalidade analisa a fluidez dos textos, assim como sua legibilidade. Como assim? Parágrafos grandes ou frases extensas, por exemplo, são barradas caso o objetivo seja conseguir um bom rankeamento nos mecanismos de pesquisa.

Entre as principais sinalizações dos “pontos” do Yoast estão títulos, meta descriptions, palavras-chave, URLs e alt texts. Esse plugin também configura os índices das páginas, incorpora imagens aos textos e muito mais.

Não é à toa que o Yoast está em primeiro lugar na avaliação dos usuários de plugins de SEO para WordPress. Mas o objetivo aqui é falar sobre boas alternativas a essa ferramenta. Sendo assim, vamos prosseguir! 

5 plugins alternativos ao Yoast SEO

Imagem de uma máquina de datilografia que reproduziu a palavra "Wordpress" em um papel.
Foto: Unsplash

Existem diversos plugins disponíveis na web que atendem às necessidades de cada domínio. As considerações desses recursos são precisas, mas o entendimento dos proprietários de sites é imprescindível para que seja publicado um conteúdo de qualidade. 

Isso porque a experiência do usuário pode não estar ligada, necessariamente, com o serviço da ferramenta. Uma vez que trata-se de um sistema robótico, é importante ter um “olhar humano” para as necessidades dos internautas

Pensando nisso, veja os melhores plugins de SEO que separamos para você! Confira as descrições de cada um e escolha qual é a opção mais indicada para o seu site 🙂 

The SEO Framework 

Print da página principal do plugin The SEO Framework.

O The SEO Framework é um plugin ágil, sem anúncios e possui foco na velocidade de carregamento dos sites. A maioria dos usuários de plugins o consideram como a melhor alternativa ao Yoast, principalmente pelo fato de a maioria de seus serviços serem gratuitos (além de não existirem diversos anúncios de atualizações). 

As classificações de SEO do Framework são semelhantes às do Yoast, no que diz respeito à visualização de desempenho no Google. Além disso, o plugin oferece opções para palavras-chave como, por exemplo, sinônimos.  

Entre os demais recursos do plugin que chamam bastante a atenção podemos citar a redução do erro 404, permite acessibilidade a deficientes visuais, notifica os mecanismos de pesquisa sobre atualizações de sites, gera títulos automaticamente, rastreia comentários de spam. 

Após instalar o plugin, configurações de SEO quase não são demandadas. Isso porque a maioria delas são pré-definidas. E ao invés de utilizar palavras-chave, o Framework concentra-se em um “assunto foco”

Caso os recursos usuais não sejam eficazes, a ferramenta possibilita aos usuários outras opções de extensões. O plugin não cobra por elas e também não promove vendas. 

No geral, as funcionalidades de SEO são desempenhadas com êxito pelo The Frame. O principal benefício do plugin, na verdade, é a praticidade de uso. Portanto, mais que recomendado!

SEOPress

Print da página principal do plugin SEO Press.

O SEOPress é um plugin simples, mas com todos os recursos necessários para praticar as técnicas de SEO em um site. Se você acabou de criar sua página, pode ficar tranquilo que essa ferramenta é extremamente instintiva. 

As diretrizes de SEO são sinalizadas por cores nesse plugin e as melhorias são exibidas ao percorrer o espaço da página. Entre os recursos dessa ferramenta, estão a criação de sitemaps, rastreamento de visitantes pelo Google Analytics, auxílio no compartilhamento de postagens nas redes sociais e análise de conteúdos para otimização do Search Engine Optimization.

Este plugin possui extensões avançadas na versão premium (que é mais barata que a do Yoast) e são muito vantajosas as funcionalidades. Entretanto, as opções oferecidas gratuitamente já são suficientes para fazer jus à ferramenta. Podemos incluir nisto o fato de os webmasters poderem acompanhar o Google Analytics sobre seus próprios sites em segundos, rastrear PDFs, criar meta tags acessíveis no Twitter e muito mais. 

Rank Math

Print da página principal do plugin Rank Math.

Reunir todos os recursos necessários para praticar o SEO corretamente em um site pode parecer algo difícil, mas é justamente essa a descrição do Rank Math. Esse plugin oferece sugestões aos usuários baseadas em práticas dos próprios mecanismos de pesquisa.

O Rank Math possibilita a personalização de configurações e controles das páginas, além de permitir que os proprietários de sites escolham a estrutura dos dados do domínio nos resultados de pesquisa. Esse plugin também se integra com o Google Search Console, o que promove o conhecimento sobre informações como classificação de palavras-chave, impressões, erros identificados pelo mecanismo, entre outros. 

Além de todos estes recursos, o Rank Math disponibiliza aos usuários assistência de configuração, SEO de imagens, suporte para rich snippets e um monitor 404, que serve para indicar os erros vistos na página pelos internautas. Convenhamos, esse plugin é muito bom, né? 

SEO Squirrly 

Print da página principal do plugin SEO Squirrly.

O Squirrly foi desenvolvido para usuários que não possuem experiência com o mundo do SEO. Os elementos que compõem esse plugin são simples e ele age de forma independente. 

As recomendações de SEO do Squirrly também são diferentes da maioria dos plugins, porque ele funciona em tempo real. Como assim? As orientações da ferramenta aparecem enquanto o usuário escreve o conteúdo, por meio de diversas luzes verdes. 

Esse plugin também é compatível com outros e, desta forma, fazer uma substituição não será um problema porque as configurações de instalação são salvas. Uma outra curiosidade a respeito do Squirrly é que o usuário recebe um relatório (semanal) com informações a respeito do progresso do domínio e tweets vinculados à palavra-chave do artigo. Brilhante!

Broken Link Checker 

Print da página principal do plugin Broken Link Checker.

O Search Engine Optimization de um site é composto por tantas técnicas que, às vezes, citamos com menor frequência algumas. A exemplo disto, temos a remoção dos links “quebrados” das páginas. 

Para evitar que os usuários sejam levados para as famosas páginas de erro, é muito importante que seja dada atenção a esse fator. Já parou para pensar em como a experiência de cair no 404 é ruim? Pois é. 

Infelizmente, localizar os links quebrados pode não ser uma tarefa fácil, mas é para isso que o Broken Link Checker foi criado. Esse plugin reúne os erros em uma lista na página principal e ainda permite que o proprietário do domínio edite ou remova os mesmos. Após as correções, o Google pode entender que o site promove uma boa experiência aos usuários. 

Além disso, sempre que um problema é encontrado, o dono do site é notificado por e-mail. O plugin também localiza links quebrados em comentários, informações incorretas em imagens e redirecionamentos, e muito mais!

Dica [Bônus] 

Para alcançar um bom rankeamento no Google por meio de plugins de SEO, é preciso que você entenda o contexto em que o seu site está inserido. Existem diversas opções no mercado, mas com certeza uma delas foi feita exatamente para a sua necessidade! 

Conforme as análises sobre os plugins de SEO feitas neste artigo, separamos uma dica final para facilitar a identificação da melhor ferramenta para a sua página. Confira!

  • Yoast: melhor otimização individual de páginas;
  • The Seo Framework: semelhante ao Yoast, porém é um plugin mais leve; 
  • SeoPress: plugin sem anúncios;
  • Rank Math: diversas funcionalidades;
  • Squirrly: flexibilidade;
  • Broken Link Checker: ferramentas diferentes; 

Bom, agora é com você. Faça mais uma leitura deste artigo e converse com amigos que entendem de SEO para descobrir qual plugin é o mais adequado para seu site. Deixe aqui nos comentários o que achou do artigo, dúvidas ou sugestões. Até a próxima!

5 plugins alternativos ao Yoast
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments